Contribuições de Henri Wallon à relação cognição e afetividade na educação

Aurino Lima Ferreira e Nadja Maria Acioly-Régnier


O presente artigo versa sobre as contribuições de Henri Wallon à relação cognição e afetividade na educação. Situa e define os complexos afetivos e cognitivos na teoria waloniana e destaca a noção de pessoa engajada como síntese fundamental para o entendimento da relação entre afetividade e cognição no campo educacional. Busca ainda apontar a importância da visão dialética e humanista da pessoa completa de Wallon para as práticas educacionais e retoma a ideia de “circularidade fundamental” de Francisco Varela para atualizar a visão de Wallon sobre a não separatividade entre homem e mundo.


publicação original:


Educar em Revista n36

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo