A psicanálise aplicada à terapêutica: uma perspectiva histórica

Lúcia Grossi dos Santos e Ilka Franco Ferrari


Este artigo pretende percorrer a história do conceito de psicanálise aplicada à terapêutica para pensar as condições de funcionamento de uma prática psicanalítica no contexto das clínicas universitárias. Nesta retomada histórica, privilegia-se a discussão sobre a técnica ativa, proposta por Ferenczi, e a educação emocional corretiva, proposta por Alexander, que inspiraram as chamadas Psicoterapias Breves. Finalmente debruça-se sobre a experiência, iniciada em 2003, através de Centros Psicanalíticos de Consulta e Tratamento (CPCTs), de oferecer à população tratamento gratuito com tempo limitado, funcionando também como lugar de formação e pesquisa. Consideramos que esta experiência pode contribuir para a discussão sobre a prática terapêutica de orientação psicanalítica oferecida nas clínicas universitárias. Artigo original publicado em Revista aSEPHallus de Orientação Lacaniana Link: http://www.isepol.com/asephallus/numero_17/revista_17/pdf/apsicanalise.pdf

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo